Baby Boomers X, Y e Z

O intervalo entre uma geração e outra ficou mais curto. Hoje, já se pode falar em uma nova geração a cada dez anos. Isso significa que mais pessoas diferentes estão convivendo em casa, na escola, no mercado de trabalho.

Segundo o site Sucesso News, as diferenças de personalidades, crenças e atitudes das gerações influenciam, e muito, nas relações sociais e no mercado de trabalho. Por isso, muito se fala sobre Baby Boomers, X, Y e Z. Conhecendo suas peculiaridades é possível entender como o contexto histórico e tecnológico influenciam no estilo de vida dos jovens da época.

Baby Boomers: Nasceram nos anos 40 e 50, depois da II Guerra Mundial. Ficaram conhecidos pelo lema: ‘Paz, amor e sexo livre’. Apresentam uma forte ligação com o trabalho. Poderíamos dizer que, para eles, o trabalho representa uma forma de realização, de cumprimento de uma missão. Os Baby Boomers acreditam que o sucesso é ter uma família com saúde, trabalho, retorno financeiro compensador e amigos bem próximos.

Geração X: Nasceram nos anos 60 e 70. É uma geração extremamente competitiva. O trabalho faz parte da vida desta geração. É onde se sentem úteis, têm a oportunidade de produzir e de se relacionar com outras pessoas. O sucesso é definido pela felicidade na vida, no amor, uma família estruturada e feliz, saúde, trabalhar com o que gosta e ainda ganhar dinheiro com isso. As suas principais características no ambiente corporativo são: desejo de fazer atividades diferentes e não as mesmas coisas todos os dias. Gosta de desafios e oportunidades. Valoriza o crescimento, aprendizado, títulos acadêmicos e novas habilidades.

Geração Y: Nascidos a partir da década de 80. São acostumados a não reverenciar hierarquias e são ligados à alta tecnologia. A velocidade e o excesso de informação, aos quais estão acostumados, estão fazendo com que esta geração tenha ansiedade crônica. No trabalho, eles buscam o crescimento cultural, intelectual, social. Querem unir trabalho com prazer.  Os profissionais dessa geração nasceram vivendo em ação, estimulados por múltiplas tarefas e atividades. São acostumados a conseguirem o que desejam, não se sujeitam às tarefas subalternas de início de carreira e lutam por salários ambiciosos desde cedo.

Geração Z: Nascidos em meados dos anos 90. São críticos, dinâmicos, tecnológicos e preocupam-se, efetivamente, com o meio ambiente. Para eles, o trabalho é uma forma de adquirir dinheiro e conhecimento. Os Zs são conhecidos por serem nativos digitais, sendo muito familiarizados com a Internet, YouTube, Google, telefones móveis e mp3 players. São pessoas extremamente conectadas ao mundo digital.

No âmbito profissional o desafio das empresas é saber organizar uma gestão que agrade às diferentes gerações que trabalham juntas, por um mesmo objetivo, mas tão distantes no que se refere ao modo de agir e encarar a vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s